PRVW

PRVW

Operando desde 1986 no mercado de Jornalismo Empresarial e online desde 96, a Preview é a mais antiga empresa brasileira exclusivamente voltada ao fornecimento de conteúdos jornalísticos para new media. Fornecedora de empresas como J.P.Morgan, GE-Dako, LG Electronics e Folha de S. Paulo, entre várias outras, a Preview conta com uma equipe de redação em São Paulo, além de correspondentes no País e Exterior.

GP De Mônaco Foi Um Show Alemão

Show. Por mais que os Anti-Schumacheristas queiram negar, o fato é um só. O GP de Mônaco foi um show do alemão. No sábado, Hakkinen conquistou a pole position de maneira espetacular e emocionante, depois de passar a quase todo o treino em segundo e depois em terceiro.

Mas isso de pouco adiantou. O finlandês largou muito mal e deixou que Schumacher o ultrapassasse –tratando-se de Mônado e de Michael, as coisas já ficavam pretas ali mesmo– e o alemão pode impor seu ritmo de corrida.

Hakkinen alega que teve problemas, com a dianteira do carro escapando nas curvas. Mas o fato é que, mesmo sem problemas, dificilmente conseguiria ultrapassar Schumacher, a não ser em uma parada de box.

Realidade seja dita: quem contornasse a Saint Devote primeiro, teria meio GP nas mãos. Hakkinen sabia disso, por isso comemorou tão efusivamente a conquista da pole.

Para complicar mais ainda a situação, Couthard também perdeu a terceira posição para Irvine e depois não conseguiu pressioná-lo ou ao menos acompanhá-lo até abandonar e depois, Hakkinen sai da pista na 39ª volta, depois de passar sobre uma poça de óleo. Com isso perdeu também o segundo lugar para Irvine, e mais dois pontos no campeonato.

A situação no campeonato começa a ficar complicada para o finlandês, visto que o grande problema da McLaren até agora é a fiabilidade. Em nenhuma das provas disputadas até agora a equipe conseguiu levar seus dois pilotos até o final.

A motivação de Hakkinen parece não estar esmorecida depois da conquista do campeonato de 98, visto o seu esforço no sábado para tirar a pole de Schumacher. O que parece mesmo é que o carro não é tão bom quanto o de 98, aliado a uma série de azares e erros.

As próximas etapas, ao menos teoricamente, favorecem o conjunto inglês. Resta ver as novidades que a Ferrari e Schumacher já anunciaram que vão testar no carro esta semana…

review

A largada em Mônaco sempre foi bastante determinante para o resultado da prova. Este ano não foi diferente. Schumacher ganhou metade do GP quando conseguiu ultrapassar Hakkinen na primeira curva do circuito. Daí em diante o que se viu foi, a cada volta, a diferença entre os dois aumentar gradativamente.

Schumacher era sempre mais rápido, Hakkinen não conseguia acompanhá-lo –alegou depois ter problemas com a suspensão dianteira– e depois começou a ver Eddie Irvine aproximar-se. Para desespero de Ron Dennis, Couthard não conseguia sequer colocar o bico próximo da caixa de câmbio da Ferrari. Falando em caixa de câmbio, o escocês abandonaria algumas voltas depois com a sua quebrada.

Irvine fez sua parada e teoricamente Hakkinen poderia fazer a sua e retornar ainda em segundo, mas uma poça de óleo o fez seguir reto na Mirabeau, fazendo com que Eddie colasse novamente em sua traseira. Tendo que parar algumas voltas depois, Mika caiu para terceiro, mesmo com o irlandês ainda parando uma segunda vez.

Daí para frente foi uma questão de ver quem chegaria em quarto, quinto e sexto. Frentzen ia vencendo a batalha com Barrichello pelo primeiro lugar entre os não Ferrari e McLaren até que o brasileiro teve problemas na suspensão e saiu da prova. Fisichella herdou o quinto posto e Wurz ganhou um inesperado pontinho pelo sexto.

drops.

Suspensão Desta vez não foi o motor o grande vilão da Stewart. Foram as suspensões traseiras que quebraram e deixaram Barrichello e Herbert de fora da corrida.

Azar de Rubens, que iria marcar mais dois pontinhos e alcançaria a quinta colocação no mundial de pilotos.

Banco O banco quebrou. Não, não foi o HSBC que quebrou e vai deixar de patrocinar a Stewart, mas sim o banco da Williams de Alessandro Zanardi. O banco de seu cockpit quebrou, transformando a tarefa de pilotar num duro martírio, já que às vezes nem alcançava o pedal do freio.

Salo Zonta deve ser vetado novamente para a corrida na Espanha. Salo deve continuar no cockpit da BAR.

Rumor Agora o novo boato sobre compra de equipes diz respeito a Toyota, que estaria prestes a adquirir a Minardi. Claro que a equipe italiana e a montadora japonesa desconversaram.

Rumor 2 Outra especulação, que vem ganhando força desde o GP de San Marino, é que a Lamborghini poderia retornar à categoria fornecendo motores para a Arrows a partir de 2002.

Moore Alguns já dão como certa a saída de David Couthard da McLaren ao final deste ano. Seu substituto poderia ser Ricardo Zonta, piloto de testes da equipe emprestado para a BAR neste ano, ou ainda, dizem outros, Greg Moore, que atualmente corre na CART e que tem laços estreitos com a Mercedes.

Fiasco Foi a atuação de Damon Hill em Mônaco. Fez um péssimo treino, depois de bater o carro no sábado pela manhã e largou lá atrás. Só conseguiu andar entre os primeiros no warm-up. Na corrida, errou ao tentar ultrapassar Ralf Schumacher num ponto impossível e saiu da prova.